Ajuda ERP

Poder de Terceiros – Industrialização em Fornecedores

1. Cadastrar os novos locais dos Fornecedores para Controle de Poder de Terceiro:

  • Para cada novo fornecedor é necessário cadastrar um local específico com o tipo: NOSSO EM PODER DE TERCEIRO, vinculando o CNPJ do Fornecedor.
  • O código do local pode ser definido por vocês, utilizamos 50 como exemplo.

2. Emissão da Nota para o FORNECEDOR

REMESSA PARA INDUSTRIALIZAÇÃO

Esta nota precisa ter um Tipo de Movimento com a seguinte configuração:
Poder de Terceiros = OPERAÇÃO DE REMESSA
Atualiza Estoque = SIM
Para a geração dos relatórios do SPED e Bloco K com o estoque de terceiro devidamente
sinalizado, é necessária a emissão desta nota fiscal, ainda que a empresa autora da encomenda
não esteja obrigada a emitir a nota de remessa para industrialização.

3. Ordem de Produção

Será uma Ordem com o Tipo de Produção: EM TERCEIRO
Pode-se escolher esta opção ao gerar uma Ordem de Produção Avulsa ou no item do
Pedido de Vendas para as Ordens que forem geradas a partir do pedido.
Na Ordem Avulsa:
No Pedido de Vendas:

4. LANÇAMENTO DA NOTA DE RETORNO DO FORNECEDOR

RETORNO DE INDUSTRIALIZAÇÃO

A nota fiscal de retorno de industrialização deverá ser lançada no sistema com um Tipo de
Movimento cadastrado com as seguintes opções:
Poder de Terceiros = OPERAÇÃO DE RETORNO
Atualiza Estoque = NÃO

5. EMPENHOS E FINALIZAÇÃO DA OP

Após o lançamento da Nota Fiscal os empenhos deverão ser realizados, lembrando que só
poderão ser empenhados os materiais que estão no LOCAL do CNPJ do terceiro.
Depois do empenho, precisará ser apontada a produção da OP: isso vai baixar o estoque
das MPs empenhadas do terceiro e gerar o estoque do PA para o faturamento do pedido
de vendas.

Este artigo foi útil para você?

Compartilhe este artigo: